Disfunção Erétil (impotência)

O que é a impotência ou disfunção erétil (DE)?

Impotência é a incapacidade de um homem para alcançar e manter uma ereção, o que torna impossível completar com sucesso a relação sexual. Recentemente na maioria das vezes é chamado de “disfunção erétil” (DE).

O risco da DE aumenta com a idade. De fato, entre 15 e 25% dos homens de 65 anos não podem conseguir uma ereção completa, mas afeta apenas 5% dos homens de 40 anos. É bastante comum a experiência de algum episódio ocasional de DE ao longo da vida.

É importante que homens com este problema estejam conscientes de que:

  • A causa mais comum de impotência é a ansiedade ocasional ou temporária.
  • Problemas para obter uma ereção podem ser tratados com medicamentos, aconselhamento sexual, apoio mecânico ou cirurgia.
  • A impotência pode ser um sintoma de outra doença, ainda não diagnosticada, o que exigiria tratamento.


Qual é a causa da impotência?

Uma erecção é o resultado da interação entre o sistema nervoso, sistema circulatório, equilíbrio hormonal e fatores psicológicos. Portanto, problemas de ereção podem ser causados por vários fatores e muitas vezes são associados.

Causas psicológicas

  • – Problemas no relacionamento amoroso
  • Ansiedade e depressão
  • Fadiga
  • Stress no trabalho
  • Ansiedade sobre o resultado (preocupação de “ser bom” na cama)
  • Complexo
  • Orientação sexual não resolvida
  • O tédio sexual


Causas físicas

  • Distúrbios vasculares (vasos sangüíneos) é uma causa comum física. Pacientes com arteriosclerose, problemas no coração ou pressão arterial vascular alta (hipertensão) correm maior risco de desenvolver a impotência.
  • Drenagem excessiva de sangue do pênis através das veias ( drenagem venosa) quando você coloca o fenômeno da ereção.
  • Diabetes é associado frequentemente com problemas de ereção. Às vezes, a doença é descoberta como resultado de um estudo de impotência.
  • Fumar aumenta o risco de aterosclerose e, portanto, DE.
  • Em alguns casos, DE é o resultado de efeito colateral de certos medicamentos, por exemplo, alguns tratamentos para a hipertensão (medicamentos chamados beta-bloqueadores, principalmente), alguns antidepressivos, e, em menor medida, outras drogas.
  • Efeitos colaterais de medicamentos sem prescrição médica (rapé, álcool, maconha e outros).
  • Abuso crônico de álcool.
  • Doenças do sistema nervoso (esclerose, AVC múltipla, lesões na medula espinhal).
  • Cirurgia de grande porte,  cirurgia radical por exemplo, de próstata e bexiga (remoção destes órgãos completamente, e vesículas seminais),  operações sobre o intestino (especialmente na porção retal), cirurgia vascular na área pélvis, e assim por diante.
  • Insuficiência renal (insuficiência grave da função renal).
  • Doença do tecido erétil do pênis (túnica albugínea) chamada de doença de Peyronie, que pode causar deformação do pênis, com dor associada.
  • Alterações hormonais (raro).

Fonte: https://www.doctoralia.com.br/doencas/disfuncao-eretil-impotencia

Marque já sua consulta!